“TOXOPLASMOSE NA TV” por Tônico Pereira

 

tonico 2

 

Senhores e senhoras:

A ignorância na dramaturgia, assim como a sapiência são usados pelo autor(a), para traçar alguma característica de um personagem qualquer, portanto, exigir que um personagem de ficção seja suficientemente sabido e informado, ou ignorante e desinformado, nos impõe uma premissa que acabaria com a arte, e passaríamos, por exemplo, a matar nas ruas, quem faz papel de bandido na televisão.

Calma gente!!! A idiossincrasia comportamental é que nos faz mais humanos e originais, portanto vamos aceitar como aceitamos nos nossos pais e filhos, que eles não saibam como a toxoplasmose se transmite.  Compreendamos que exista quem não saiba; afinal, não estamos em um congresso de veterinários, mas diante de uma obra de ficção.

No caso, mas vale o sentimento de uma grávida ter medo de contrarir a doença atingindo o feto; do que saber entender cienficicamente todas as etapas desta infecção.

NA ARTE, VALE MAIS O SENTIMENTO QUE O CONHECIMENTO!!! É a minha modesta opinião.

Por Tonico Pereira

tonico2

 

 

 

 

 

O Analfabeto que escreve

http://tonicopereira.blogspot.com.br/

https://www.facebook.com/tonico.pereira?fref=ts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *