Seleção Semanal “Recanto da Poesia” 16/03/2016

A ausência, de Ana Hatherly, poeta portuguesa,

do livro A idade da Escrita, e outros poemas

mulher6

Oh como te ex-amo

 como tudo se torna direção imprecisa

É uma coisa terrível

tudo ser tão evidente

no seu vazio

controverso

           verso

Seta por dentro

a onda vive de perfil o seu ex-ato

imprecisando as criaturas

Oh como o eu-outro aflora culminando

falo contigo

 mas é um outro que contigo fala

um outro

 que ex-amadamente arde ainda

Não vês a curva da parábola?

 

Por José Ewerton Neto

Escritor  poeta e jornalista

jose everton neto 150x150 Seleção Semanal Recanto da Poesia

 

 

 

 

 

http://www.joseewertonneto.blogspot.com

Entre suas obras publicadas, Estátua da Noite (poesia), A Ânsia do Prazer (novela), O menino que via o além e A morte dos Mamonas Assassinas. O autor é membro da Academia Maranhense de Letras.

A face do amor é a ausência de rosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *