“Eternizada no papel de Xica da Silva”

img_zeze_motta_29

Zezé Motta é uma das poucas pessoas quem podem ser resumidas como uma artista para ninguém botar defeito. Ela cursou teatro na adolescência e fez sua estreia na televisão em ‘Beto Rockfeller’, uma das novelas de maior sucesso da TV Tupi.

O papel ainda era pequeno, mas foi o suficiente para que ela chamasse a atenção do público.
Convidada para protagonizar ‘Xica da Silva’, alcançou fama mundial ao interpretar a escrava.

O papel foi importante principalmente na época, afinal, não era comum ver protagonistas negras em grandes produções. A partir de então, Zezé caiu nas graças do público: fez mais de 40 filmes e 30 novelas, além de participar de peças e musicais.

Paralelamente à carreira de atriz, Zezé Motta não abandonou a música, sempre incentivada pelo pai. Desde a gravação do primeiro disco, nos anos 70, ela apostou em um som carregado de influências da cultura negra, uma forma de estar sempre em contato com sua história e também de divulgá-la.

Foi assim que emplacou músicas de sucesso nos anos 80. O talento fez com que a cantora fosse convidada pelo Itamaraty para fazer uma série de shows no exterior, em países como Estados Unidos, Alemanha e França. Zezé também deu voz à Úrsula, a bruxa do filme ‘A pequena sereia’.

De atriz à cantora, Zezé Motta chega aos 70 anos com uma carreira bem-sucedida, e que deve ganhar uma grande homenagem. Um musical sobre sua vida chega aos palcos em breve.

Fonte G1

visite o site:  http://zezemotta.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *