Escute a embolada que Caju e Castanha fez para o Blog…

 

Meus amigos queridos, muito obrigada do fundo do meu coração…Fico aqui lembrando dos velhos tempos e belos dias que passamos juntos por esse mundão a fora, tanta história pra contar né ???…lembro do Caju ( nosso irmão que esta encantado ) lembro de tudo, de cada show, de cada momento que vivemos lá no CTN e outros locais… estou longe fisicamente, mas não existe distância para almas que se querem bem, adorei a embolada… embolada como eu (risos ). Que Deus ilumine cada segundo da vida de cada um … do Castanha do Cajuzinho para que vocês possam continuar espalhando essa alegria contagiante aos 4 cantos do mundo…Mais uma vez muito obrigada. Meninos Por Tudo ou Nada bjs da Malu – K que ama e admira muito vocês.

 

caju

Não existe no Brasil uma dupla como Caju e Castanha. Eles fazem embolada de improviso, em qualquer situação e transitam entre todos os públicos. Há trinta e oito anos, CAJU E CASTANHA estão na estrada, nas praças, nos palcos do Brasil e do mundo fazendo a autêntica cultura popular nordestina e brasileira. 25 discos, 02 dvds, sendo 04 discos de ouro ilustram a carreira dessa dupla, que mistura cultura, arte com diversão.

Ecléticos, contagiam qualquer tipo de público, seja nas praças do Recife, Rio, ou São Paulo. No palco do Rock in Rio, no São João de Caruaru ou nos Festivais de Montreux e Cannes, na França. Recentemente, Lollapalooza 2013.

Já trabalharam com Lenine, Elba Ramalho, Jair Rodrigues e muitos outros. Também foram foram personagens principais do curta-metragem de Walter Salles e Daniela Thomaz, “Caju e Castanha Contra o Encouraçado Titanic”.

Vencedores de 01 Grammy Latino, 04 Prêmios Tim de Música Brasileira, para muitos de seus admiradores, Caju e Castanha são os inovadores da embolada por serem abertos a cooprodução e a participações especiais com artistas de todas as vertentes da música.

“Embolam” com forró, cordel, coco e ciranda. E também com a MPB, o rock e o popular brega, sem deixar de lado a música eletrônica e o hip hop. Alguns “rappers” costumam brincar que, a embolada é o “pai do rap”.

 

quer saber mais…

http://www.ideiamusical.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *