A arte as vezes imita a vida… ou será que a vida imita a arte?

santo-1

SANTO … VELHO CHICO… premonição? Infelizmente dessa vez o final não foi feliz. Perdemos um grande Ator, uma grande figura humana,dentro de um trabalho, e uma história cheia de mistérios e magias. Momento de profunda tristeza para um Brasil que acompanhava e torcia , por um pouco de felicidade. Que todas as noites tinha uma trégua, viajando nas águas de um rio , nas atuações primorosas e vigorosas de atores entregues a seu oficio, de corpo e alma.Que amava como Santo, que sofria como Tereza, que odiava como Saruê..
Chocada hoje estou, desde o inicio da tarde quando soube do desaparecimento do nosso amado SANTO. Rezei… e me recusava a acreditar que de repente alguns índios não o tivessem resgatado… Que mergulho tão profundo foi esse que você resolveu dar Domingos Montagner?
Era seu dia, sua hora, bem sei… e parece mesmo ficção essa despedida impregnada de premonição… Que nos pegou no meio de uma tarde quando distraídos, apenas vivíamos esperando lhe ver as 21 hrs. em ponto.
Em choque e atordoados ficamos aqui, refletindo…a vida não tem o menor sentido… é um tempo que jamais conseguiremos decifrar. O eterno dura apenas um segundo como diz o coelho de Alice.
Muita LUZ! Foi embora no papel de SANTO , e ficará eternamente em meu coração. Hoje vou pular a hora… vou adiantar meu relógio…já são 22 horas… o capitulo acabou.

Por Vera Vianna

Atriz, Jornalista e Produtora Cultural

siga @atrizveravianna

vera blog certa 150x150 Não me Retiro...Eu sou Presente...O Retiro dos Artistas é Nosso ...

 

 

 

 

 

http://www.veravianna.com.br

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *